Jair Bolsonaro em Davos, no Fórum Econômico Mundial, em 2019 - AFP
Jair Bolsonaro em Davos, no Fórum Econômico Mundial, em 2019AFP
Por ESTADÃO CONTEÚDO
Brasília - O Fórum Econômico Mundial anunciou nesta quarta-feira, em comunicado por e-mail que remarcará seu Encontro Anual de 2021 em Davos para o início do próximo verão local. O verão no Hemisfério Norte começará em 21 de junho, mas o texto não menciona uma data exata.
A entidade diz que a decisão "não foi fácil", mas é adotada diante de conselhos de especialistas de que o evento não poderia ocorrer com segurança em janeiro, como tradicionalmente acontece no balneário suíço.
Publicidade
O Fórum diz que, na semana de 25 de janeiro, fará um encontro virtual chamado "Diálogos Davos", no qual importantes líderes globais devem compartilhar suas análises sobre o estado do mundo Também informa que enviará adiante datas e a localidade em que ocorrerá o encontro presencial do próximo ano, assim que todas as condições de saúde e segurança estejam estabelecidas.
A nota é assinada por Adrian Monck, diretor gerente e chefe de engajamento público do Fórum Social Mundial.