Chadwick Boseman morreu na noite da última sexta-feira - Reprodução de internet
Chadwick Boseman morreu na noite da última sexta-feiraReprodução de internet
Por ESTADÃO CONTEÚDO
Rio - O tuíte publicado no perfil oficial de Chadwick Boseman para anunciar a morte do ator tornou-se o mais curtido da história da rede social, confirmou o Twitter neste sábado.

Galeria de Fotos

Chadwick Boseman como Pantera Negra Reprodução
Chadwick Boseman como Pantera Negra Reprodução
Chadwick Boseman Reprodução Instagram
Chadwick Boseman Reprodução Instagram
Chadwick Boseman Reprodução Instagram
Chadwick Boseman Reprodução Instagram
Chadwick Boseman Reprodução Instagram
Chadwick Boseman Reprodução Instagram
Chadwick Boseman Reprodução Instagram
Chadwick Boseman Reprodução Instagram
Chadwick Boseman Reprodução Instagram
Chadwick Boseman morreu na noite da última sexta-feira Reprodução de internet
Chadwick Boseman como o personagem Pantera Negra Divulgação
Chadwick Boseman como o personagem Pantera Negra Divulgação
Chadwick Boseman como o personagem Pantera Negra Divulgação
Chadwick Boseman como o personagem Pantera Negra Divulgação
Chadwick Boseman chama atenção por magreza extrema Reprodução Internet
Chadwick Boseman AFP


"Tuíte mais curtido de todos os tempos. Um tributo digno de rei", escreveu a empresa ao comunicar o recorde.

No dia 28 de agosto, às 23h11 (horário de Brasília), a conta de Boseman compartilhou uma foto dele em preto e branco e um comunicado sobre a morte dele.


"É com imensurável pesar que nós confirmamos o falecimento de Chadwick Boseman", diz o início da nota.

Até o horário de publicação desta reportagem, o tuíte já tinha sido curtido por mais de 6,9 milhões de pessoas, além de registrar mais de 3 milhões de retuítes e 159 mil comentários.

O recorde anterior foi uma publicação feita por Barack Obama, em agosto de 2017, referente a um ataque com automóvel a manifestantes contrários a uma marcha de extrema direita em Charlottesville, nos Estados Unidos. O ex-presidente do país tuitou uma frase de Nelson Mandela, que teve 4,3 milhões de curtidas.

Chadwick Boseman morreu em decorrência de um câncer de cólon, diagnosticado já em fase 3 há quatro anos. Segundo o comunicado, ele continuou trabalhando "durante e entre incontáveis cirurgias e quimioterapia". Personalidades do cinema, da política e do esporte homenagearam o ator e desenhistas prestaram um tributo a ele com imagens em diferentes estilos.