Surfista foi atendido e não resistiu - Reprodução
Surfista foi atendido e não resistiuReprodução
Por IG - Esporte
Austrália - As praias australianas registraram mais um ataque fatal de tubarão. Na manhã desta terça-feira, um surfista foi morto enquanto surfava em Coolangatta, na Gold Coast.
O homem, que não teve o nome divulgado, mas tinha 46 anos de idade, foi mordido na perna e ficou gravemente ferido. Em um vídeo da emissora local 9News é possível ver que surfistas foram em seu socorro e o tiraram da água para iniciar os primeiros atendimentos, mas o homem não resistiu e morreu poucas horas depois.
Publicidade
Chama a atenção que a praia onde ocorreu o ataque é protegida por redes anti-tubarão, tanto que este foi o primeiro caso fatal na localidade em mais de 60 anos. O último foi em 1958, em Surfers Paradise.
Publicidade

Galeria de Fotos

Surfista foi atendido e não resistiu Reprodução
Surfista foi atendido e não resistiu Reprodução
Surfista foi atendido e não resistiu Reprodução
Surfista foi atendido e não resistiu Reprodução
Surfista foi atendido e não resistiu Reprodução
Surfista foi atendido e não resistiu Reprodução
Surfista foi atendido e não resistiu Reprodução
Surfista foi atendido e não resistiu Reprodução
O local do ocorrido é muito popular entre a comunidade do surf e abre o tour mundial da WSL.
Publicidade
Essa não é a primeira morte de 2020 por ataques de tubarão. Em 11 de julho, Mani Hart-Deville, de 15 anos, foi morto em Wooli, e Rob Pedretti, 60, também não resistiu aos ferimentos após um encontro fatal com um tubarão branco, em junho, em Kingscliff.