Por AFP
França - A justiça francesa abriu uma investigação por estupro de menores contra Gérald Marie, ex-diretor da agência de modelos Elite na Europa, após acusações de ex-modelos e de uma jornalista da BBC, informou a Promotoria de Paris.
A investigação por "estupro e agressão sexual" e "estupro e agressão sexual a menor" foi aberta nesta segunda-feira e ficará a cargo da Brigada de Proteção a Menores, disse a mesma fonte à AFP.
Publicidade
Os eventos datam das décadas de 1980 e 1990 e poderiam ter prescrito.
A ex-jornalista da BBC Lisa Brinkworth afirma que uma noite em outubro de 1998, Gérald Marie, com quem ela foi a uma boate, "sentou-se sobre ela" e "começou a colocar se pênis na parte inferior de seu abdômen".
Publicidade
A jornalista havia se infiltrado na indústria da moda como modelo para investigar a questão do "comportamento sexual impróprio de alguns agentes" para um documentário da BBC.
Três outras ex-modelos o acusam de "estupro", como Carre Sutton, que afirma ter sofrido "inúmeros" estupros pelo ex-chefe da Elite em 1986, quando tinha 17 anos.
Publicidade
Esses fatos também poderiam ter prescrito.
A AFP tentou, sem sucesso, entrar em contato com o advogado de Marie. Este último disse ao Sunday Times no sábado que "nega categoricamente" as acusações.