Donald Trump - AFP
Donald TrumpAFP
Por AFP
EUA - O presidente Donald Trump passará os próximos dias em um hospital militar nos arredores de Washington para se submeter a tratamento para o coronavírus, mas continuará trabalhando, informou a Casa Branca na noite desta sexta-feira.
“Por recomendação de seu médico e de especialistas médicos, o presidente trabalhará nos escritórios presidenciais do hospital de Walter Reed pelos próximos dias”, afirmou a assessora de imprensa Kayleigh McEnany.
Publicidade
Na noite desta quinta-feira, o presidente anunciou que ele e sua esposa, Melania, teriam contraído a doença. "Esta noite, a primeira-dama e eu testamos positivo para covid-19. Nós vamos começar imediatamente nosso processo de quarentena e de recuperação. Nós vamos superar isto JUNTOS!", escreveu o presidente no Twitter.
Publicidade
Trump, que minimizou a importância da pandemia e não usou máscara em público até julho, é mais um líder mundial infectado pelo novo coronavírus, uma lista que inclui o presidente brasileiro Jair Bolsonaro, o primeiro-ministro britânico Boris Johnson e a presidente interina boliviana Jeanine Áñez.
O anúncio, a 32 dias das eleições presidenciais em que Trump está em desvantagem nas pesquisas ante o candidato democrata Joe Biden, já sacudiu a campanha: a Casa Branca cancelou a viagem que o republicano tinha programado para sexta-feira ao estado da Flórida, considerado crucial para a votação.
Publicidade