Biden está sob pressão nacional e internacional para manter a postura que de seu antecessor Donald Trump em relação a Pequim - AFP
Biden está sob pressão nacional e internacional para manter a postura que de seu antecessor Donald Trump em relação a PequimAFP
Por ESTADÃO CONTEÚDO
Em discurso para anunciar oficialmente a composição de sua equipe econômica, o presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, exortou o Congresso a aprovar uma nova rodada de estímulos fiscais para atenuar os efeitos econômicos do coronavírus. "Vamos criar uma economia para todo mundo", prometeu.
O democrata explicou que seu governo vai elaborar uma proposta de pacote e enviou um recado aos americanos que estão atravessando dificuldades econômicas: "a ajuda está a caminho", garantiu, antes de elogiar a indicada para liderar o Departamento do Tesouro, Janet Yellen, que, para ele, é a pessoa mais bem preparada para lidar com a crise.