Matéria Salva!

Agora você pode ler esta notícia off-line

Matéria removida da seção links salvos
Compartilhe
Publicidade

Doença misteriosa já matou uma pessoa e deixou centenas internadas na Índia

Autoridades locais informam que infecção não foi causada por vírus, mas ainda não conseguiram identificar de onde surgiu

Até o momento, uma pessoa morreu e centenas foram hospitalizadas - Reprodução
Até o momento, uma pessoa morreu e centenas foram hospitalizadasReprodução
Por Ansa
São Paulo - Ao menos uma pessoa morreu e 227 foram internadas em um hospital de Eluru, no estado de Andhra Pradesh, no sul da Índia, por conta de uma infecção "misteriosa" durante o fim de semana.

Segundo reportou o jornal "The Indian Express", com base nos depoimentos de médicos do local, "os pacientes demonstram uma ampla gama de sintomas: vômito, têm uma sensação de queimação nos olhos, desmaiam e sofrem crises epiléticas".

Ainda conforme a publicação, entre os internados há adultos e crianças, e 157 ainda continuam hospitalizados desde a sexta-feira (04).

O ministro da Saúde da Índia, Alla Kali Krishna Srinivas, publicou uma nota em que informa que todos os hospitalizados testaram negativo para o coronavírus Sars-CoV-2 e que o problema não tem relação com a Covid-19. A nota foi publicada porque o estado é o terceiro no país em número de casos do novo coronavírus, com mais de 800 mil diagnósticos positivos.

Srinivas também descartou que a "doença misteriosa" tenha relação com alguma contaminação da água ou do ar, ou que se trate de dengue e chikungunya, infecções endêmicas em Andhra Pradesh.

O ministro-chefe do estado, Jaganmohan Reddy, informou que equipes de especialistas foram enviadas para Eluru para tentar descobrir as causas da doença e que os exames de sangue não revelaram "nenhuma evidência de uma infecção por vírus".

Até o momento, uma pessoa morreu e centenas foram hospitalizadas - Reprodução
Até o momento, uma pessoa morreu e centenas foram hospitalizadasReprodução
Por Ansa
São Paulo - Ao menos uma pessoa morreu e 227 foram internadas em um hospital de Eluru, no estado de Andhra Pradesh, no sul da Índia, por conta de uma infecção "misteriosa" durante o fim de semana.

Segundo reportou o jornal "The Indian Express", com base nos depoimentos de médicos do local, "os pacientes demonstram uma ampla gama de sintomas: vômito, têm uma sensação de queimação nos olhos, desmaiam e sofrem crises epiléticas".

Ainda conforme a publicação, entre os internados há adultos e crianças, e 157 ainda continuam hospitalizados desde a sexta-feira (04).

O ministro da Saúde da Índia, Alla Kali Krishna Srinivas, publicou uma nota em que informa que todos os hospitalizados testaram negativo para o coronavírus Sars-CoV-2 e que o problema não tem relação com a Covid-19. A nota foi publicada porque o estado é o terceiro no país em número de casos do novo coronavírus, com mais de 800 mil diagnósticos positivos.

Srinivas também descartou que a "doença misteriosa" tenha relação com alguma contaminação da água ou do ar, ou que se trate de dengue e chikungunya, infecções endêmicas em Andhra Pradesh.

O ministro-chefe do estado, Jaganmohan Reddy, informou que equipes de especialistas foram enviadas para Eluru para tentar descobrir as causas da doença e que os exames de sangue não revelaram "nenhuma evidência de uma infecção por vírus".

Você pode gostar
mais notícias
rap-data">
Mundo & Ciência

Vídeo: mulher tira calcinha e usa ela como 'máscara' em supermercado

Uma mulher foi flagrada retirando a calcinha e colocando no rosto, como uma máscara de proteção contra a Covid-19

Mais de Mundo & Ciência