O aumento exponencial nos casos de coronavírus ameaça saturar o sistema de saúde - Agência Brasil/Diego Vara
O aumento exponencial nos casos de coronavírus ameaça saturar o sistema de saúdeAgência Brasil/Diego Vara
Por AFP
A nova variante da covid-19 detectada no Reino Unido foi descoberta na China em uma estudante que voltava para o país - anunciaram as autoridades.

Em um comunicado redigido na quarta-feira (30), o Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) disse que a nova cepa foi isolada de uma jovem de 23 anos que chegou a Xangai em 14 de dezembro, procedente do Reino Unido.

A variante foi descoberta em 24 de dezembro em amostras de uma análise. Nesse mesmo dia, a China anunciou a suspensão de seus voos com o Reino Unido.

Esta cepa é a primeira nova variante a entrar na China e "representa uma séria ameaça à prevenção e controle da covid-19" no país, segundo o comunicado. Diante disso, acrescentam as autoridades locais, foram tomadas medidas de controle, por exemplo, o isolamento da pessoa infectada.

A nova variante do coronavírus detectada no Reino Unido é de 50% a 74% mais contagiosa do que as outras cepas existentes, de acordo com especialistas.

Já foi encontrado em vários países, incluindo Canadá, Estados Unidos, Portugal, França, Jordânia, Coreia do Sul e Chile.

A China, onde o novo coronavírus surgiu em dezembro de 2019, praticamente controlou a epidemia.