A cidade de Melbourne, na Austrália - Divulgação
A cidade de Melbourne, na AustráliaDivulgação
Por AFP
Sydney - A Austrália não deve reabrir suas fronteiras para viajantes estrangeiros em 2021, apesar das campanhas de vacinação que vão avançar em todo mundo - afirmou o secretário de Saúde, Brendan Murphy, um dos principais assessores do governo neste tema.
Segundo ele, não se deve esperar, para 2021, o retorno de um tráfego fluido nas fronteiras.
Publicidade
"Acho que ainda teremos significativas restrições nas fronteiras durante a maior parte do ano", disse ele à emissora ABC.
O país, com cerca de 25 milhões de habitantes, teve menos de mil casos de covid-19 desde o início da pandemia.
Publicidade
"Embora uma grande parte da população esteja vacinada, não sabemos se isso vai impedir a transmissão do vírus", justificou.
"E é provável que as medidas de quarentena ainda se mantenham durante algum tempo", completou.
Publicidade
Como resultado dessas restrições, dezenas de milhares de australianos permanecem bloqueados no exterior. Quem volta deve pagar em torno de 3.000 dólares australianos (cerca de US$ 2.300) por seus 14 dias de quarentena no hotel.