Vacina da Sanofi teve resultados abaixo do esperado nos testes clínicos - AFP
Vacina da Sanofi teve resultados abaixo do esperado nos testes clínicosAFP
Por AFP
Paris - Sanofi ajudará Pfizer e BioNTech a produzir sua vacina contra a covid-19 e deve condicionar mais de 100 milhões de doses destinadas à União Europeia até o final de 2021, anunciou o diretor-geral do laboratório francês, Paul Hudson, ao jornal Le Figaro.
A Sanofi trabalha em duas vacinas para lutar contra esta pandemia, mas seu projeto principal está atrasado e não chegará ao mercado antes do final do ano.
Publicidade
À espera, o governo francês pedir ao laboratório Sanofi que estudasse a possibilidade de disponibilizar suas cadeias de fabricação para aumentar a produção das vacinas já existentes.
Ao anunciar que assinou um acordo nesta terça, Hudson explicou que a Sanofi usará sua fábrica alemã em Frankfurt para envazar a vacina que será fornecida a ela por suas concorrentes a partir de julho.
Publicidade
"Este local de produção está localizado perto da sede da BioNTech (em Mainz), isso vai facilitar as coisas", defendeu o chefe do grupo francês.
A produção será destinada à União Europeia e, portanto, parte à França, acrescentou.
Publicidade
Os laboratórios estão tendo que acelerar suas produções para atender à demanda e alguns, incluindo Pfizer e BioNTech, enfrentam atrasos.