Caso foi registrado em Tóquio
 - Charly Triballeau/AFP
Caso foi registrado em Tóquio Charly Triballeau/AFP
Por AFP
Japão - Uma japonesa escondeu o corpo de sua falecida mãe por dez anos em um freezer porque, segundo ela, temia ser expulsa do apartamento se descobrissem que ela havia morrido, noticiou neste sábado (30) a imprensa local.

A polícia disse à AFP que Yumi Yoshino, de 48 anos, foi detida sob suspeita de ter "escondido o corpo de uma mulher" encontrada na quarta-feira em um freezer em um apartamento de Tóquio.

A acusada explicou que escondeu o corpo há dez anos porque "não queria se mudar" do apartamento onde vivia com sua mãe, informou a imprensa local citando fontes anônimas da polícia.

O aluguel do apartamento em um prédio de Tóquio estava em nome da mãe, que tinha cerca de 60 anos quando morreu, informou Kyodo News.
Yumi Yoshino foi forçada a deixar o apartamento em meados de janeiro devido a atrasos no pagamento do aluguel. Uma pessoa que foi limpá-lo fez a descoberta macabra.

A necrópsia realizada no cadáver não conseguiu determinar o momento nem a causa da morte, segundo a imprensa.