O governo holandês ampliou na semana passada outras restrições até 2 de março - Reprodução
O governo holandês ampliou na semana passada outras restrições até 2 de marçoReprodução
Por AFP
Madri - A Espanha, um dos países da Europa mais afetados pela pandemia, superou nesta quarta-feira (3) as 60 mil mortes oficiais por coronavírus, segundo o ministério da Saúde.

O país, de 47 milhões de habitantes, soma desde o início da pandemia 60.370 mortos e quase 2,9 milhões de casos, segundo o último boletim do ministério da Saúde.

Nas últimas 24 horas, foram registradas 565 mortes.

Assim como em muitos outros países, o balanço oficial está subestimado, já que no início da epidemia muitas vítimas não foram submetidas a um diagnóstico devido à saturação do sistema de saúde.

Por outro lado, o número de casos confirmados chega a 2.883.465, dos quais 31.596 nas últimas 24 horas.

A Espanha administrou até o momento quase 1,8 milhão de doses e espera ter imunizado 70% de sua população de até o final do verão europeu, um objetivo reafirmado recentemente pelo governo, apesar do atraso nas entregas das doses por parte dos laboratórios farmacêuticos.