Em outubro de 2020, o Youtube declarou que vídeos que desinformem sobre a pandemia de covid-19, como alegações falsas de que a vacina é letal ou levará ao rastreamento de microchip, seriam deletados
Em outubro de 2020, o Youtube declarou que vídeos que desinformem sobre a pandemia de covid-19, como alegações falsas de que a vacina é letal ou levará ao rastreamento de microchip, seriam deletadosReprodução
Por Brasil Econômico
Rio - Nesta quinta-feira, o Youtube anunciou que removeu mais de 30 mil vídeos com mentiras sobre a vacinação da Covid-19. "Os conteúdos incluem alegações sobre as vacinas contra a covid-19 que contradizem as autoridades de saúde locais ou a Organização Mundial da Saúde", disse Elena Hernandez, porta-voz do YouTube.
“No geral, desde fevereiro de 2020, removemos mais de 800.000 vídeos relacionados a informações perigosas ou enganosas de coronavírus", informou.
Publicidade
Em outubro de 2020, o Youtube declarou que vídeos que desinformem sobre a pandemia de covid-19, como alegações falsas de que a vacina é letal ou levará ao rastreamento de microchip, seriam deletados.

Trump deletado
Em janeiro de 2021, a plataforma excluiu a conta do ex-presidente estadunidense Donald Trump como medida para frear os ataques a democracia do país. A CEO Susan Wojcicki disse que a conta de Trump será restaurada depois de suspensa por incitamento.