O público do exterior não será permitido devido à pandemia, conforme havia sido decidido.
O público do exterior não será permitido devido à pandemia, conforme havia sido decidido. Reprodução
Por O Dia
Os organizadores dos Jogos Olímpicos de Tóquio adiaram para junho a decisão sobre a presença ou ausência de espectadores locais, sinal da incerteza que continua a acompanhar a preparação do evento (23 de julho a 8 de agosto) em meio à pandemia da covid-19. Em contrapartida, os organizadores anunciaram que os atletas participantes deverão passar por um teste de covid-19 todos os dias, quando o plano inicial previa controles a cada quatro dias.
O público do exterior já havia sido barrado devido à pandemia.
Publicidade
Tóquio e três outros departamentos japoneses entraram no domingo em um terceiro estado de emergência em face do aumento de casos de covid-19, o que implica a realização de eventos esportivos a portas fechadas.
Até agora, vários eventos como partidas de beisebol ou futebol e um torneio de patinação artística foram organizados com um público usando máscara e evitando torcida.
Publicidade
Se os espectadores forem autorizados a assistir aos Jogos, regras semelhantes serão impostas, anunciaram os organizadores, dando à Tóquio-2020 uma atmosfera diferente das celebrações olímpicas normais.
Esperava-se para este mês uma decisão sobre o público local.
Publicidade
O Japão, relativamente menos afetado pelo coronavírus do que muitos outros países, com cerca de 10.000 mortes oficialmente registradas desde janeiro de 2020, experimenta atualmente um aumento de casos em vários departamentos.