México chega a 4.767 mortos por covid-19 e supera China

Nas últimas 24 horas, foram registrados 290 óbitos no território mexicano, enquanto o total de casos confirmados da doença e de 45.032 desde o início da pandemia

Por AFP

Equipe mexicana de bombeiros em treinamento para combater a covid-19
Equipe mexicana de bombeiros em treinamento para combater a covid-19 -
México - O México chegou a 4.767 mortes por COVID-19 nesta sexta-feira (15), superando o total de falecimentos pela doença na China, onde a pandemia surgiu no final de dezembro e matou 4.633 pessoas, informaram as autoridades.

Nas últimas 24 horas, foram registrados 290 óbitos no território mexicano, enquanto o total de casos confirmados da doença e de 45.032 desde o início da pandemia.

O número de mortos no México ainda está longe do total das vítimas fatais registradas pelos países mais afetados, como os Estados Unidos, onde 86.744 pessoas morreram e 1.429.990 infecções foram registradas.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são o Reino Unido, com 33.998 mortes e 236.711 casos; Itália, com 31.610 mortes e 223.885 casos; França, com 27.529 mortes e 178.870 casos, e Espanha, com 27.459 mortes e 230.183 casos.

Comentários