Por marta.valim

JERUSALÉM - Os palestinos "pagarão caro" por sua decisão de retomar os trâmites para aderir às agências da ONU e a tratados internacionais, advertiu nesta quarta-feira o ministro israelense do Turismo.

"Se agora ameaçam, devem saber uma coisa: pagarão caro", declarou à rádio pública o ministro Uzi Landau.

O ministro, um falcão da coalizão governamental, não descartou a possibilidade de Israel anexar partes do território palestino ocupado.

"Uma das possibilidades medidas seria que Israel aplicasse sua soberania em setores que integrarão claramente o Estado de Israel dentro de uma solução futura", ameaçou Landau, membro do partido ultranacionalista Israel Beitenu.

O ministro fazia referência aos setores da Cisjordânia ocupada nos quais vivem os colonos judeus.

Israel também poderia adotar medidas econômicas em represália, "bloqueando as ajudas financeiras", completou.

O presidente palestino, Mahmud Abbas, anunciou na terça-feira que solicitará a adesão a 15 agências e tratados internacionais.

Você pode gostar