Por marta.valim

MOSCOU - A Rússia acusou nesta quarta-feira a Otan de recorrer aos "instintos" da Guerra Fria por ter decidido suspender a cooperação com Moscou pela crise na Ucrânia.

"Os instintos da Guerra Fria foram despertados na Otan e também afetam sua retórica", escreveu o representante da Rússia na Otan, Alexander Grushko, no Twitter.

"A aliança está sob ameaça! Parece que os contribuintes terão que pagar para financiar os jogos de guerra", completou.

Na terça-feira, o secretário-geral da Otan anunciou a suspensão da "cooperação prática com a Rússia, militar e civil" como consequência da anexação por parte de Moscou da península ucraniana da Crimeia.

O vice-primeiro-ministro russo Dmitri Rogozin ironizou a decisão.

"Da última vez (em 2008) congelaram as relações durante três meses e em dezembro já haviam descongelado".

Rússia ameaça EUA com represálias após bloqueio de transferência bancária

Você pode gostar