Alemanha e França concordam sobre 1ª etapa de taxa sobre transações financeiras

Negociações entre 11 países da UE estão paradas há meses

Por marta.valim

BERLIM - Os ministros das Finanças da Alemanha e da França reiteraram nesta segunda-feira o objetivo de implantar pelo menos a primeira etapa de uma taxa sobre as transações financeiras (TTF) antes do fim da atual legislatura europeia, em maio.

"Estamos decididos a dar um primeiro passo sobre a TTF ainda nesta legislatura", disse Wolfgang Schäuble durante entrevista coletiva conjunta com o colega francês, Michel Sapin, em Berlim.

Sapin falou da necessidade da taxa e defendeu a "implementação de um primeiro pacote de medidas antes das eleições europeias", e depois uma segunda etapa, como se comprometeram em fevereiro o presidente francês François Hollande e a chanceler alemã Angela Merkel.

As negociações entre os 11 países da União Europeia - incluindo França, Alemanha, Itália e Espanha - decididos a adotar a TTF estão paralisadas há vários meses e enfrentam um poderoso lobby dos meios financeiros.

Segundo as últimas informações, se as negociações prosperarem a TTF poderia ser aplicada em duas etapas: a princípio apenas para um grupo restrito de investimentos financeiros, incluindo as ações, e depois de maneira mais ampla.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia