Antes de "Super terça", Hillary dá sinais sobre seu discurso nas eleições gerais

Pré-candidata democrata pede 'amor e bondade' e rechaça discurso de Donald Trump sobre EUA 'voltar a ser grande'

Por rafael.souza

EUA - Depois da vitória fácil na Carolina do Sul, Hillary Clinton chegou ao Tennessee nesse domingo com um discurso de "amor e bondade" e alguns dos primeiros indícios da mensagem que pode ser adotada nas eleições gerais.

"Pode parecer estranho vindo de alguém que concorre à presidência, mas acho que precisamos de mais amor e bondade", disse ela. "Isso não deve ser reservado para domingo de manhã."

Hillary Clinton venceu primárias do Partido Democrata no Estado de Carolina do SulDivulgação

Discursando em duas igrejas afro-americanas em Memphis, a ex-secretária de Estado não fez qualquer menção ao seu rival democrata, o senador Bernie Sanders, mas refutou a promessa do principal candidato do Partido Republicano, Donald Trump, de "fazer o americano grande novamente". "A América nunca deixou de ser notável", disse Hillary a paroquianos em uma catedral. "Nossa tarefa é fazer com que a América seja completa."

Enquanto Trump se recusou a negar um apoio do ex-líder da Ku Klux Klan, David Duke, Clinton se comprometeu a derrubar barreiras como presidente e a combater o racismo sistêmico.

A ex-secretária de Estado, que conseguiu uma vitória no sábado na Carolina do Sul, sutilmente começou a mudar o seu discurso neste domingo, visando a uma possível disputa em novembro.

Com paradas em Memphis e Nashville, Clinton deu início a uma corrida de 48 horas antes da "Super Terça", que vai levá-la para Arkansas, Massachusetts e Virgínia. Na Super Terça, 11 Estados do país votarão nas primárias para escolher o candidato do Partido Democrata e do Partido Republicano.

Uma nova pesquisa Wall Street Journal/NBC News/Marist mostrou a ex-secretária de Estado com liderança substancial, variando de 21 a 34 pontos, sobre Sanders na Geórgia, Tennessee e no Texas.

Sanders, contudo, disse no sábado à noite que sua campanha está apenas começando.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia