Homem mata esposa com taco de beisebol e depois se suicida no Chile

Crime ocorreu, neste domingo, na casa onde casal morava com a filha de três anos

Por gabriela.mattos

Chile - Um homem de 61 anos matou a própria esposa, de 41, usando um taco de beisebol e depois suicidou na casa onde os dois moravam com a filha da mulher, de apenas três anos, na cidade de Maipu, na região metropolitana de Santiago do Chile, informaram neste domingo fontes policiais.

As autoridades agora investigam porque Francisco Marchant assassinou sua mulher, Silvana Sepúlveda. Após cometer o crime, ele chamou a filha de sua esposa, contou o que ocorreu e disse que não se entregaria, revelou a capitã dos Carabineiros (polícia militarizada), Carola Robes.

A criança chegou a ligar para a polícia, mas os atendentes não acreditaram na história que ela contou por telefone. Ela então chamou familiares e vizinhos, mas, quando eles chegaram, Marchant já estava morto após se pendurar em uma árvore no quintal.

De acordo com a rádio "Biobio", citando informações repassadas pelos Carabineiros e pela própria família da vítima, não havia registro de conflitos entre o casal. Os vizinhos disseram que não escutaram qualquer barulho que indicasse uma briga antes do crime.

Os agentes da Divisão de Homicídios da Polícia do Chile realizaram uma perícia na casa e esperam a autópsia para tentar esclarecer quais foram os motivos que fizeram o homem matar a própria esposa e suicidar na sequência.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia