Professora palestina ganha o Global Teacher, o 'Nobel da Educação'

Ela trabalha com crianças traumatizadas pela violência, usando jogos e brincadeiras, encorajando-as a trabalhar juntos e recompensando atitudes positivas

Por thiago.antunes

Dubai - Uma professora palestina que cresceu em um campo de refugiados ganhou o prêmio Global Teacher, considerado o ‘Nobel da Educação’. Hanan Al Hroub receberá US$ 1 milhão pela comenda. Hanan hoje dá aulas para refugiados. Ela trabalha com crianças traumatizadas pela violência, usando jogos e brincadeiras, encorajando-as a trabalhar juntos e recompensando atitudes positivas. “Professores podem mudar o mundo”, disse ela.

Entre os indicados havia um brasileiro, o professor voluntário Marcio Andrade Batista. Ele dá aulas no Mato Grosso com uma metodologia que se baseia na aplicação das ciências à vida cotidiana. Marcio estava na lista de 50 finalistas divulgada pela ONG Varkey Foundation, que concede o prêmio. Ele foi o primeiro brasileiro selecionado.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia