Na França, Ministério da Agricultura confirma caso de vaca louca

O animal estava na região nordeste de Ardennes

Por rafael.souza

Paris - O Ministério da Agricultura da França confirmou nesta quinta-feira um caso de encefalopatia espongiforme bovina (BSE, na sigla em inglês), a doença de vaca louca, na região nordeste de Ardennes. O caso suspeito havia sido identificado na semana passada e reportado nesta semana.

A doença de vaca louca tem potencial de alterar o nível de risco oficial para BSE da França, definido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE, na sigla em inglês), afetando as exportações de carne do país. A França recuperou o nível mais seguro, de "risco insignificante", ano passado, com o país demonstrando que o último animal nativo infectado havia nascido onze anos antes.

A notícia ocorre com o setor de criação de animais da França atualmente enfrentando uma crise severa, atraindo protestos de produtores.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia