Francês que gravava filmes pornô em iate no Marrocos é preso

Homem de 50 anos recrutava jovens marroquinas para participar de filmes que seria comercializado na Europa

Por rafael.souza

Rabat - A Polícia do Marrocos deteve um francês na cidade de Saidia, no nordeste do país, que gravava com jovens locais filmes pornográficos em um iate ancorado perto das praias da cidade.

Segundo relatou nesta sexta-feira o jornal "Al Akhbar", o homem foi detido um dia antes de retornar à França e confessou que tinha recrutado mulheres de entre 18 e 28 anos para participar de pornôs que depois comercializava na Europa.

O detido, de 50 anos, levava as jovens para um iate que tinha uma cabine preparada como estúdio, na qual rodavam as cenas pornográficas.

Além do francês, seis das atrizes também foram detidas, assim como dois indivíduos que serviam de mediadores entre o francês e as jovens.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia