ONU: Estado Islâmico usa crianças como soldados no Iraque

As denúncias da organização aumentam a preocupação internacional sobre os confrontos em Fallujah

Por lucas.cardoso

Nova York - A coordenadora da missão das Nações Unidas no Iraque, Lise Grande, denunciou nesta terça-feira que o grupo extremista Estado Islâmico (EI, ex-Isis) usa crianças como soldados em confrontos na Síria. "O Estado Islâmico está utilizando meninos como soldados em Fallujah", disse Grande. "A situação representa um gravíssimo risco para os civis. Temos notícias de que uns 50 mil civis estão bloqueados dentro da cidade", explicou.

O grupo extremista já utilizou táticas parecidas em confrontos, como recrutamento de crianças. Os jihadistas também fazem os menores de escudos de bombardeios. As denúncias da ONU aumentam a preocupação internacional sobre os confrontos em Fallujah. As forças militares do Iraque entraram na manhã desta segunda-feira na cidade para tentar reconquistar o território que está nas mãos do Estado Islâmico.

Após uma semana de combates e cercos ao município, os soldados conseguiram ter acesso ao local. Um vídeo publicado no dia 24 de maio na internet mostra cenas de caos na cidade e combatentes do Estado Islâmico tentando escapar de carro ou moto das tropas israelenses.Fallujah fica na província de al-Anbar, a cerca de 70 quilômetros da capital iraquiana, Bagdá.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia