Filhotes de tigre são achados congelados em templo na Tailândia

Imagens são chocantes. Espaço budista sempre atraiu turistas do mundo inteiro por mostrar animais convivendo com homens

Por clarissa.sardenberg

Tailândia - Uma descoberta feita em uma fiscalização no Templo dos Tigres, na Tailândia, chocou o mundo nesta terça-feira: Mais de 40 filhotes de tigre congelados estavam em um freezer no famoso espaço budista. Autoridades investigam suspeitas de tráfico de animais e maus-tratos. Nesta segunda-feira, mais de 130 animais foram confiscados do local, na província de Kanchanaburi, a oeste de Bancoque.

Agente da Conservação mostra pequeno filhote encontrado congelado no Templo dos Tigres EFE

De acordo com o vice-diretor-geral do Departamento de Parques Nacionais, Adisorn Nuchdamrong, ainda se desconhece o motivo de os filhotes estarem congelados em uma cozinha. Partes de corpos de outros animais, como ursos asiáticos, também foram encontradas no local. 

Investigações estão em curso, mas há conhecimento de que o mercado negro compra partes dos tigres para medicina ou itens de luxo, geralmente comercializados na China.

Fiscalização no Templo dos Tigres%2C na Tailândia%2C descobriu animais dentro de freezer Efe

Leia: Autoridades confiscam animais do famoso Templo dos Tigres

O governo tailandês tenta acabar com o Wat Pha Luang Ta Bua, conhecido como Templo dos Tigres, desde 2011, mas encontra muita resistência por conta de sua popularidade e forte tradição budista.

Os monges sempre negaram as acusações da polícia e inclusive, nesta segunda-feira, disseram que iram recorrer da decisão que confiscou animais. Eles sempre promoveram o templo como um lugar de paz onde os tigres e humanos "coexistem em harmonia."

Imagens de filhotes de tigre congelados em templo budista na Tailândia chocaram o mundo EFE


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia