Por rafael.nascimento

Bangcoc - As autoridades tailandesas prenderam um monge budista que celebrava o dia de São Valentim — dia dos namorados em vários países do mundo — com uma jovem e drogas em um motel da província de Kanchanaburi, situada na região central da Tailândia, informou nesta quarta-feira a imprensa local.

O casal foi descoberto por policiais que encontraram uma túnica budista no interior de um carro estacionado na entrada de um quarto do motel, segundo o jornal "The Bangcoc Post".

Os policiais bateram na porta do quarto e um jovem com a cabeça rapada abriu a porta, enquanto no interior encontraram uma jovem de 19 anos e drogas.

O monge, de 35 anos, confessou que tinha escapado do mosteiro e alegou que era a primeira vez que fazia algo assim, enquanto ela declarou que se conheceram por telefone e ficaram para celebrar São Valentim como outros casais de apaixonados.

Você pode gostar