Mais Lidas

Estudante com mais de 500 manchas pelo corpo supera bullying e vira modelo

Adolescente, que passou por mais de 30 cirurgias, contou que era chamada de dálmata

Por lucas.cardoso

Rio - Uma estudante de 16 anos, vítima de bullying durante toda sua infância por conta de sinais de nascença, conseguiu se realizar seu sonho de ser modelo, na última semana. A espanhola Alba Parejo, que tem mais de 500 manchas pelo corpo, contou que os xingamentos iam de 'dálmata' até 'alienígena'.

Alba é modelo de campanha que promove o empoderamento Reprodução Facebook

De acordo com o Dailymail, devido ao distúrbio, chamado de nevo melanocítico, que afeta as células da pele e produzem melanina, Alba passou por 30 cirurgias para reduzir a área afetada e , devido a agressividade do tratamento, ele precisou ser interrompido. “Enquanto eu crescia, percebi que as pessoas me encaravam por conta da minha pele. Às vezes, elas riam ou diziam comentários horríveis. Já me perguntaram até se eu me pintei", relatou a estudante.

Por conta do bullying%2C aos 13 anos%2C Alba passava o dia chorandoReprodução Facebook

Parejo conta que só deu a volta por cima no último ano. Naquele momento, a adolescente decidiu postar fotos do seu corpo no Twitter, mostrando a sua condição para todos em sinal de aceitação. O que ela não esperava, era receber mensagens positivas, dando força para que ela seguisse em frente. "Alguns dizem que a minha pele é uma obra de arte", disse Alba.

Os comentários, compartilhamentos e elogios, fizeram com que Alba decidisse participar de um concurso que promove o empoderamento. Hoje, a adolescente tem seu rosto com suas pintas estampadas por revistas, pôsters. outdoors, ônibus e jornais. “Eu percebi que minha pele é linda, especial e única. Me sinto muito mais positiva em relação ao meu corpo e estou tentando fazer com que o distúrbio seja mais conhecido para conseguir ajudar outras pessoas".

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia