Mais Lidas

Macron diz que defenderá França e Europa em primeiro discurso após vitória

Ele afirmou que a base de seu mandato será a 'regeneração da vida pública'

Por thiago.antunes

Paris - O centrista Emmanuel Macron, eleito neste domingo como o novo presidente da França, disse que vai trabalhar pela unidade do país e também se comprometeu a defender a França e a Europa em seu primeiro discurso após a vitória sobre a líder da extrema direita Marine Le Pen.

Sozinho no comitê geral de sua campanha, Macron, que segundo as projeções derrotou Le Pen com 65% dos votos contra 35% da adversária, afirmou que a base de seu mandato será a "regeneração da vida pública", além de prometer que trabalhará para "restabelecer os vínculos entre a Europa e os cidadãos franceses".

Defenderei a França, seus interesses vitais e sua imagem. Assumo o compromisso diante de vocês. Defenderei a Europa. Nossa civilização, nossa maneira de sermos livres, está em jogo.

O presidente eleito garantiu também que a França estará na linha de frente na luta contra o terrorismo, tanto dentro do próprio país como em nível internacional, independentemente do tempo que durar o conflito.

Ex-ministro da economia do atual presidente da França, François Hollande, Macron disse que uma nova página da longa história do país se abriu neste domingo e espera que esse novo capítulo seja "o da esperança e da confiança renovada".

"Brigarei com todas as minhas forças contra a divisão que nos debilita e nos abate. Servirei em vosso nome, com humildade e entrega, a partir dessa noite e durante os próximos cinco anos", afirmou o presidente eleito no discurso.

Macron parabenizou Le Pen e disse estar disposto a ouvir "as divisões que levaram a alguns votos extremistas". "Construiremos um futuro melhor", concluiu na breve declaração, na qual destacou que será "digno" da confiança depositada em seu nome pelos franceses

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia