Via Varejo faz acordo para vender Casa Bahia Contact Center à Atento, diz Cade

A autarquia aprovou o negócio sem restrições, de acordo com despacho publicado no Diário Oficial da União

Por bruno.dutra

São Paulo - A empresa de móveis e eletrodomésticos Via Varejo, das redes de dona da Casas Bahia e Ponto Frio, fechou a venda da sua controlada Casa Bahia Contact Center, de call center, à Atento Brasil no início do mês, conforme documento submetido ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A autarquia aprovou o negócio sem restrições, de acordo com despacho publicado no Diário Oficial da União nesta sexta-feira.

Segundo o documento apresentado ao Cade pelas partes, o contrato de venda foi celebrado em 4 de novembro, ocasião em que também foi assinado um contrato para que a Atento assuma a prestação de serviços de call center para a Via Varejo pelo prazo inicial de cinco anos.

O valor da transação foi tratado como informação confidencial pelas companhias. Procuradas pela Reuters, ambas não se pronunciaram imediatamente.

"Para a Via Varejo, a operação representa uma oportunidade para concentrar seus esforços e investimentos no desenvolvimento de seus negócios principais, transferindo atividade não estratégica para empresa especializada e, com isso, melhorando o atendimento dos usuários finais", assinalou trecho do documento.

Controlada pelo Grupo Pão de Açúcar, a Via Varejo é a maior varejista de móveis e eletrodomésticos do Brasil. Já a Atento Brasil pertence à Atento Spain, que é controlada pela empresa de investimentos Bain Capital e possui operações em 16 países.

Com a aquisição no Brasil, a Atento, que presta serviços de central de atendimento a clientes como a operadora de telefonia Vivo, deve ser aproximar da líder de mercado no país Contax.

Segundo as companhias informaram ao Cade, o mercado de call center conta com cerca de 140 empresas no país, tendo faturado em torno de R$ 9,7 bilhões no ano passado.

A Contax é descrita pelas empresas como líder do setor com base no número de postos de atendimento, com fatia de 19,9% do mercado, seguida pela Atento, com participação descrita como superior a 10 por cento, e pela AeC, com 5,8%.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia