Obra teve investimento de R$ 397 mil e foi realizada mediante 'muito planejamento e diálogo com a população', de acordo com Carlos Boechat - Divulgação / Berg Silva
Obra teve investimento de R$ 397 mil e foi realizada mediante 'muito planejamento e diálogo com a população', de acordo com Carlos BoechatDivulgação / Berg Silva
Por O Dia
Niterói - As obras de reforma e revitalização da Praça da Fazendinha, em Piratininga, ficaram prontas neste final de semana após a implantação da rede de drenagem e pavimentação das ruas do bairro. A nova área de lazer recebeu playground, academia para a terceira idade, pergolado, mesas e cadeiras, bancos e espreguiçadeiras de concreto, nova iluminação com LED e jardim. Para o projeto, a Prefeitura investiu R$ 397 mil.
Na atual gestão municipal foram implantadas e revitalizadas mais de 150 áreas de lazer e convivência em bairros e comunidades. O Horto do Fonseca, a Praça Dom Navarro em Icaraí, a praça Boa Vista em Itaipu e o Horto do Barreto, que ganhou um jardim japonês e uma lona cultural, por exemplo, são alguns desses locais.
Publicidade
Moradores da Fazendinha há 12 anos, Luciana Pizzo e Rodrigo Matos contaram que fizeram questão de acompanhar as obras de perto e que se surpreenderam com o resultado.

“Tivemos uma profunda transformação aqui. Antes, as ruas alagavam a cada chuva e hoje não temos mais esse problema. Foi uma conquista”, lembrou Rodrigo. “A reforma da praça também foi muito importante. Meu filho Mateus, de 11 anos, tem curtido muito o espaço. Lá em casa ele é um dos mais entusiasmados com a novidade”, contou Luciana.
O administrador regional da Região Oceânica, Carlos Roberto Boechat, comentou os grandes avanços registrados nos últimos anos, que trouxeram mais qualidade de vida para os moradores, além da valorização dos imóveis.
Publicidade
“As obras de infraestrutura eram uma antiga reivindicação dos moradores. Depois da drenagem e pavimentação, chegou a praça, que também era uma demanda dos moradores. Tudo foi feito com muito planejamento e diálogo com a população”, disse Boechat.