Esse tipo de teste, aprovado pela Anvisa, segue protocolo estabelecido pela Fundação Municipal de Saúde, UFF e Fiocruz - Divulgação / Berg Silva
Esse tipo de teste, aprovado pela Anvisa, segue protocolo estabelecido pela Fundação Municipal de Saúde, UFF e FiocruzDivulgação / Berg Silva
Por Irma Lasmar
Niterói chegou, neste sábado (dia 2), a 431 casos confirmados de Covid-19, com 176 pessoas em isolamento domiciliar, acompanhados pela Fundação Municipal de Saúde, e o registro de 26 mortes. Há 62 pacientes com a doença internados em hospitais. A cidade contabiliza 167 pessoas recuperadas.
De acordo com o secretário municipal de Saúde, Rodrigo Oliveira, a tendência é que o número oficial de casos positivos na cidade aumente, já que a Prefeitura adquiriu, com recursos próprios, 50 mil testes rápidos sorológicos, aprovados pela Anvisa, e está testando as pessoas com sintomas leves da doença. De acordo com o protocolo desenvolvido pela Fundação de Saúde, a Universidade Federal Fluminense (UFF) e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o teste rápido pode ser realizado em pessoas com sintomas de coronavírus a partir do oitavo dia de sintomas.
Publicidade
“Estamos em um momento decisivo. Os casos confirmados e as mortes estão aumentando no Brasil, e o sistema de saúde dos estados e das grandes cidades começa a entrar em colapso. É nesse momento que a gente precisa compreender a necessidade de se proteger, ficando em casa. Precisamos manter o isolamento social”, destaca o secretário municipal de Saúde, Rodrigo Oliveira.

A Prefeitura inaugurou, na última quarta-feira, o primeiro centro de referência de quarentena do país. O Ciep Esther Botelho Orestes, no Cantagalo, já havia sido reformado pelo Município e foi adaptado para receber moradores de comunidades com sintomas leves que testarem positivo para o novo coronavírus e não tiverem condições de cumprir o isolamento social sem colocar em risco pessoas que moram na mesma casa. São oferecidas seis refeições diárias, além de atendimento médico, psicológico e assistência social. A unidade possui 120 vagas.

As medidas de isolamento estão em vigor até 15 de maio e as aulas da rede municipal de educação foram suspensas até o dia 30. O uso de máscaras é obrigatório na cidade desde 23 de abril.