Testes rápidos permitem um melhor acompanhamento da evolução da doença e a escolha de estratégias mais eficazes de combatê-la - Divulgação / Berg Silva
Testes rápidos permitem um melhor acompanhamento da evolução da doença e a escolha de estratégias mais eficazes de combatê-laDivulgação / Berg Silva
Por Irma Lasmar
Niterói - Voluntários cadastrados nos Núcleos da Defesa Civil (Nudecs) em comunidades carentes auxiliarão nesta segunda-feira as equipes das unidades básicas de saúde para a triagem de moradores de favelas com sintomas leves do novo coronavírus. O teste sorológico será feito a partir do oitavo dia dos sintomas identificados pela equipe de saúde do Programa Médico de Família. 
O plano da Prefeitura, de acordo com o prefeito Rodrigo Neves, é seguir as experiências internacionais com a testagem rápida. Ao longo da curva da pandemia de Covid-19, o governo municipal espera testar um a cada dez habitantes.
Publicidade
“A aplicação dos testes rápidos na população permite um melhor acompanhamento da evolução da doença, conhecendo o comportamento da doença e estabelecendo estratégias mais efetivas”, garantiu Rodrigo.