'Sem a quarentena, já haveria mais de 300 mortos em Niterói', afirma o prefeito - Divulgação / Prefeitura de Niterói
'Sem a quarentena, já haveria mais de 300 mortos em Niterói', afirma o prefeitoDivulgação / Prefeitura de Niterói
Por Irma Lasmar
Niterói registrou, nesta segunda-feira (11), 985 casos confirmados de infectados pelo novo coronavírus, com 528 doentes em isolamento domiciliar acompanhados pela Secretaria de Saúde. A cidade registra 47 mortes. Para o prefeito Rodrigo Neves, os números registrados em Niterói crescem em menor velocidade do que a média estadual e nacional devido à solidariedade dos niteroienses, que estão cada vez mais aderindo à quarentena.
“A situação de Niterói é muito grave, mas não é caótica como em outros municípios. Já recuperamos 325 pessoas confirmadas com Covid-19, mas esse número é três vezes maior se formos falar de pessoas com síndromes respiratórias agudas que passaram por nossos hospitais públicos e privados nessas cinco semanas. Esses resultados só foram possíveis porque nossos hospitais ainda não entraram em colapso como ocorreu em outras cidades do país. Sem a quarentena, já haveria mais de 300 mortos em Niterói”, afirmou o prefeito.