Hanriete do Amaral, uma das beneficiárias, demonstrou alívio diante do benefício - Divulgação / Luciana Carneiro
Hanriete do Amaral, uma das beneficiárias, demonstrou alívio diante do benefícioDivulgação / Luciana Carneiro
Por O Dia
Niterói - Mais dois mil cartões de auxílio do programa Renda Básica Temporária foram entregues na terça-feira, segundo dia de atendimento a famílias de alunos da rede municipal de ensino que não estão inscritas no CadÚnico, o Cadastro Único do Governo Federal. A distribuição dos cartões segue até sexta-feira, em cinco polos: Horto do Fonseca; Horto do Barreto; Caminho Niemeyer, no Centro; Escola Municipal Levi Carneiro, no Sapê; e Escola Municipal Francisco Portugal Neves, em Piratininga.
Para evitar filas e aglomeração, o cronograma de atendimento segue um planejamento com horário, dia e local marcados de acordo com a ordem alfabética do nome do beneficiário. Na terça, foram atendidas as pessoas com nomes iniciados pelas letras D, E, F, G, H, I. Nesta quarta-feira, o atendimento será voltado para quem tem as letras iniciais J, K, L. Já na quinta-feira, serão as letras M, N, O, P, Q. E na sexta-feira, nomes que começam com R, S, T, U, V, W, Y, X, Z.
Publicidade
O benefício, no valor de R$ 500 por mês, será pago pela Prefeitura de Niterói por três meses e será concedido por meio de cartão pré-pago ao responsável legal do aluno matriculado na rede municipal. Aproximadamente 11.500 famílias receberão o auxílio. Para verificar se tem direito ao auxílio, bem como o cronograma para a retirada do cartão de benefício, basta acessar o site da Prefeitura (www.niteroi.rj.gov.br/rendabasica) ou enviar o número do CPF do responsável legal por mensagem de texto pelo celular para o número 28047. Os cartões receberão cargas em datas diferentes, obedecendo a letra do primeiro nome do responsável legal pelo aluno: no dia 21 de maio, quem tem nome iniciado por letras de A a J. No dia 22, iniciais de K a Z.
Mãe de duas crianças, uma delas estudante da rede municipal, Hanriete do Amaral, 35 anos, retirou seu cartão na terça-feira, seguindo o calendário de agendamento prévio: “Trabalho como auxiliar de escritório e, por conta da pandemia, alguns funcionários tiveram redução no salário, então este benefício vai me ajudar bastante a manter a alimentação dos meus filhos neste período. Para mim, essa ajuda está sendo muito importante”, contou.
Publicidade
A balconista Daniele Pereira Vargas, de 36, também foi buscar o cartão e ressaltou a organização e a importância deste auxílio para as famílias: “Este benefício será um reforço muito importante para a alimentação das crianças neste período. Consegui retirar o cartão sem filas. Está tudo muito organizado”, comentou.