Balão de 25 metros é apreendido em condomínio de Camboinhas após denúncia ao 153

Defesa Civil do município faz, através do Núcleos Comunitários de Defesa Civil (Nudecs), o monitoramento de balões e ressalta que a prática é crime

Por O Dia

Ao avistar o artefato, guardas ambientais o capturaram e apagaram a bucha
Ao avistar o artefato, guardas ambientais o capturaram e apagaram a bucha -
Niterói - Um balão de cerca de vinte e cinco metros, incluindo a bandeira, foi apreendido na manhã desta quarta-feira (24) pela Coordenadoria Ambiental da Guarda Municipal em Camboinhas, na Região Oceânica. Ao avistar o balão, a equipe agiu rápido e em menos de cinco minutos conseguiu apagar a bucha do artefato, que caiu dentro de um condomínio. Ninguém ficou ferido. A Defesa Civil do município faz, através do Núcleos Comunitários de Defesa Civil (Nudecs), o monitoramento de balões e ressalta que a prática é crime. Já o Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) recebe denúncias pelo número 153.
“Percebemos que o balão estava caindo e, de imediato, nossa equipe cercou os perímetros, impedindo que fosse resgatado pelos supostos baloeiros. Cerca de dez pessoas tentaram pegá-lo. Quando os agentes se aproximaram, viram a bucha acessa e apagaram logo para evitar riscos maiores. O balão foi rasgado e levado para o depósito público municipal. Isso é um perigo, é contra a lei, expõe as pessoas e representa risco de incêndios”, explicou Jociley Neves coordenador ambiental da Guarda Municipal.
Desde 2014, a Prefeitura de Niterói conta com o projeto Niterói Contra Queimadas, iniciativa voltada às ações de prevenção e combate a incêndios em vegetação. O plano conta com ações de mapeamento de áreas vulneráveis, rondas preventivas, elaboração de plano de contingência com ações integradas entre a Prefeitura e o Corpo de Bombeiros, capacitação dos guardas ambientais para combate a incêndios e a convocação e capacitação de voluntários para integrarem o Nudec Queimadas. O Programa já capacitou mais de 200 voluntários.

Comentários