Novos micro e pequenos empresários recebem auxílio da Prefeitura de Niterói

Lista de 1.200 empresas habilitadas para empréstimos pode ser consultada no site fazenda.niteroi.rj.gov.br/site/programa-supera-mais-niteroi

Por O Dia

O programa Supera Mais é uma evolução do Supera Niterói, lançado em abril deste ano e que se utilizava de empréstimo bancário, com juros pagos pela Prefeitura
O programa Supera Mais é uma evolução do Supera Niterói, lançado em abril deste ano e que se utilizava de empréstimo bancário, com juros pagos pela Prefeitura -
NITERÓI - Os primeiros contratos de empréstimo do programa Supera Mais já começaram a ser assinados. O programa oferece crédito para capital de giro a juro zero para micro e pequenas empresas com faturamento anual de até R$ 1 milhão. Os contratos assinados envolvem as empresas que estavam na primeira lista de habilitados divulgada no site da SMF. “Com o Supera Mais e também com o Niterói Supera, realizado em conjunto com o Banco do Brasil, e que já concedeu mais de R$ 27 milhões em empréstimos, estamos conseguindo injetar recursos na economia de Niterói para que as empresas possam se manter nesse momento tão difícil provocado pela pandemia”, afirmou a secretária municipal de Fazenda, Giovanna Victer.
O programa Supera Mais é uma evolução do Supera Niterói, lançado em abril deste ano e que se utilizava de empréstimo bancário, com juros pagos pela Prefeitura, para auxiliar os empresários. No entanto, graças à parceria com a AgeRio, o Supera Mais não vai depender de bancos como o Niterói Supera. O programa deve conceder até R$ 30 milhões em crédito. O fundo tem os seguintes limites para financiamento de Capital de Giro: até R$ 50 mil para microempresas; e até R$ 80 mil para empresas de pequeno porte com faturamento de até R$ 1 milhão. Os juros serão assumidos pela Prefeitura de Niterói, e o tomador do empréstimo terá carência de até 10 meses para iniciar os pagamentos e possibilidade de quitação em até 36 vezes.

A empresária Márcia Marchon, dona de uma autoescola, esteve na SMF com a sócia Silvia Souza e falou sobre a importância do Supera Mais para minimizar os impactos causados pela pandemia do coronavírus no seu negócio. “Nossa empresa ficou parada desde março. Até o momento, o Detran ainda não retomou o atendimento e, por isso, não conseguimos fazer matrículas, estamos sem dinheiro para movimentar as atividades. O Supera Mais vem como um suporte para tentar melhorar a situação e aguentar os meses que virão. A expectativa é que as coisas comecem a acontecer daqui para frente”, descreveu.
Luana Poubel, proprietária de uma creche escola de educação infantil, ressaltou que o programa vai permitir um respiro para um dos setores mais afetados pela pandemia. "Nós trabalhamos em um setor que está bastante prejudicado e a gente fica tentando buscar recursos para manter o que a gente tem de alunos, mas está todo mundo passando muita dificuldade. Estava bem ansioso para sair o programa porque vai dar um gás até o final do ano. O que a gente conseguiu aqui foi bastante importante", destacou a empresária, que compareceu ao lado do sócio Angelo Morse.
Priscila Mourão contou que abriu sua academia de ginástica, no bairro do Fonseca, um pouco antes da pandemia, o que afetou demais os planos para o negócio. "Essa pandemia abalou o comércio como um todo, mas como éramos muito novos no mercado e estávamos com movimento bem intenso e acabou desmotivando bastante. Foi quando soubemos, pela nossa contadora, do Programa Supera Mais. Tudo deu certo e foi bem rápido. Quando vimos a aprovação foi uma grande emoção e foi tudo que precisávamos. São muitos detalhes que geram muitos custos e a cobrança é muito grande. Agora já reabrimos, com todos os cuidados exigidos, horário marcado, desinfecção semanal de todos os espaços. Muitos alunos ainda estão receosos, mas estamos conseguindo recuperar nossos clientes", garantiu.
Segunda lista de habilitados - A Secretaria Municipal de Fazenda divulgou uma nova lista com cerca de 1.200 empresas habilitadas para os empréstimos do programa Supera Mais, que pode ser consultada no site da SMF, no link https://fazenda.niteroi.rj.gov.br/site/programa-supera-mais-niteroi/. Já está aberto, no site da Secretaria de Fazenda, o prazo para que essas empresas enviem as documentações necessárias para o acesso ao crédito.

Comentários