Medida faz parte de uma série de medidas que objetivam combater os efeitos negativos do novo Coronavírus - Divulgação
Medida faz parte de uma série de medidas que objetivam combater os efeitos negativos do novo CoronavírusDivulgação
Por O Dia
Niterói - O prefeito Rodrigo Neves também informou que, após consulta com o Comitê Técnico Científico, formado por especialistas da Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), e representantes de associações de empresários da cidade, o Gabinete de Crise decidiu estender o pagamento do benefício do programa Empresa Cidadã até dezembro.
“Em função das medidas de restrição a circulação permanecerem – mesmo que de maneira menos intensa – até a chegada da vacina, o Gabinete de Crise decidiu pela extensão do benefício do Empresa Cidadã com o objetivo de preservar cerca de 12 mil empregos, até dezembro de 2020. Estamos encaminhando para a Câmara a legislação necessária para prorrogar o programa”, explicou. “Niterói é uma das poucas cidades do Brasil que estruturaram esse tipo de programa, que beneficia, prioritariamente, as pequenas e médias empresas da nossa cidade”.