A Defesa Civil informou que não houve danos à estrutura, mas interditou o imóvel temporariamente - Imagem Internet
A Defesa Civil informou que não houve danos à estrutura, mas interditou o imóvel temporariamenteImagem Internet
Por O Dia
Niterói - Faleceu na manhã da última quinta-feira (1) a segunda vítima da explosão que atingiu uma loja de armas no Centro de Niterói. O idoso Sebastião Erthal Neto, de 74, estava no estabelecimento durante o acontecimento e ficou ferido.

O idoso estava internado no Hospital Estadual Azevedo Lima (HEAT), no Fonseca, assim como as outras três vítimas sobreviventes, mas foi transferido na terça-feira (29) para o Hospital Geral do Ingá, mas não resistiu aos ferimentos.
Relembre o caso: 
Publicidade
Explosão aconteceu depois de um incêndio na loja de armas Nit Army, situada na Rua Visconde de Sepetiba, no Centro, na última terça-feira (28/09) por volta das 16h.
Cinco pessoas ficaram feridas.
A primeira vítima fatal foi Alexandre Calvet Silva, de 53 anos. Ele foi socorrido, mas não resistiu e faleceu a caminho do Hospital de Saracuruna, que é referência em queimados na Região Metropolitana.
Publicidade
De acordo com informações dos bombeiros no local as chamas teriam se originado da explosão de uma granada. Mas possibilidade foi descartada horas depois.
Um curto-circuito no ar-condicionado do segundo pavimento do estabelecimento é a provável causa de onde as chamas começaram. A Prefeitura de Niterói, por meio da Defesa Civil Municipal, informou que esteve no local da explosão e a primeira avaliação não revelou danos na estrutura do imóvel.