Vale ressaltar que os valores praticados são os mesmos do ano passado, já que em 2020 não houve reajuste das tarifas dos táxis em Niterói - Imagem Internet
Vale ressaltar que os valores praticados são os mesmos do ano passado, já que em 2020 não houve reajuste das tarifas dos táxis em NiteróiImagem Internet
Por O Dia
Niterói - A Prefeitura de Niterói autorizou os táxis da cidade a circularem com bandeira 2 durante o mês de dezembro. A portaria com a autorização foi publicada no Diário Oficial do Município da última quarta-feira (02). Segundo a subsecretaria municipal de Transportes, o quilômetro rodado na bandeira 2 custa R$ 3,45, contra R$ 3,05 da bandeira 1. Os táxis também estão autorizados a cobrar pela bandeira 2 em viagens para fora do município.

A medida tem o objetivo de proporcionar aos taxistas um faturamento maior este mês, uma espécie de 13º salário da categoria. A tarifa normal (bandeira 1), volta a ser cobrada a partir do dia 2 de janeiro de 2020. No dia 1º de janeiro ainda será cobrada a bandeira 2 por ser feriado. Vale ressaltar que os valores praticados são os mesmos do ano passado, já que em 2020 não houve reajuste das tarifas dos táxis em Niterói.
A bandeira 2 é o momento em que as tarifas cobradas pelos taxistas ficam mais elevadas.

Ela, diferente da tarifa dinâmica de Uber, 99 ou qualquer outro aplicativo de transporte, é menos volátil. Isso significa que ela tem uma hora exata para ocorrer, que é regulamentada, assim como todo serviço de táxi, pela prefeitura de cada município.

Em geral, a bandeira incide sobre o valor da quilometragem, ou seja, o valor que o taxista cobra por cada quilômetro rodado que, somado à bandeirada (preço de partida da corrida de táxi) forma o preço final.

Geralmente, o valor extra é de 20% a 30% mais cara do que a quilometragem da Bandeira 1, o preço padrão. Mas tudo isso pode variar de município para município.