Ducati chega oficialmente ao Brasil

Fabricante de motocicletas já tem loja em São Paulo e abrirá novas dez, inclusive no Rio

Por leandro.eiro

Rio - De olho no segmento de motocicletas de média e alta cilindrada, a Ducati desembarca oficialmente no Brasil. A primeira loja já opera em São Paulo e até o fim de 2013 terá outros dez pontos espalhados no país, inclusive na cidade do Rio de Janeiro — a marca, em parceria com a Dafra, também já conta com linha de montagem em Manaus, no Amazonas.

Diavel%3A Três versões%2C com preços entre R%24 58%2C9 mil e R%24 69%2C9 milDivulgação


Atualmente são montadas em regime CKD as versões Standard, Cromo e Carbon da Diavel — custam R$ 58,9 mil, R$ 63,9 mil e R$ 69,9 mil, respectivamente. Semana que vem chegará ao mercado a Monster 796 — terá preço de R$ 37,9 mil. E até o fim de 2013 sairá da linha de montagem a Multistrada 1200.

Com visual invocado, a Diavel tem motor de dois cilindros de 1.198 cm³ que é capaz de entregar 162 cv de potência máxima — a transmissão é de seis marchas. Já a ‘naked’ Monster 796 conta com um propulsor também de dois cilindros e 803 cm³ — este, em conjunto com o câmbio de seis velocidades, pode gerar até 87 cv.

Monster%3A Chega em julhoDivulgação


A Multistrada, por sua vez, que também entrará na linha de produção de Manaus, mas ainda não teve o preço definido, é equipada com o mesmo motor de 1.198 cm³ da Diavel. Porém, a unidade de força da Multistrada tem 150 cv de potência máxima.

Também estão previstas as vendas de outros modelos, mas que chegarão importados até o fim de 2013. Desembarcarão a Panigali 1199, a 848 Evo, a Streetfighter 848, a Hypermotard 821 e a Hyperstrada.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia