Novo Range Rover Sport chega ao Brasil

Utilitário esportivo premium tem preço partindo de R$ 377.500

Por bferreira

A Land Rover está lançando no Brasil a nova geração do Range Rover Sport. Unindo conforto, tecnologia e vocação para a aventura, o SUV premium parte de R$ 377.500 (versão HSE SD V6).

Segundo a marca britânica, a atual versão do Range Rover Sport teve 266 unidades comercializadas em 2013 e esta nova geração já conta com 331 encomendas. Na gama, ele fica posicionado acima do Evoque e abaixo do Vogue.

Novo Range Rover Sport chega ao BrasilDivulgação

O novo utilitário mede 4, 85 m de comprimento, 1,78 m de altura e 2, 92 m de entre-eixos. Sua estrutura conta com uma carroceria e suspensão totalmente em alumínio, o que contribui para sua redução de peso.

Debaixo do capô estão boas opções de motor, duas a gasolina e uma diesel. São dois blocos 3.0 litros V6, com 292 cv no diesel e 340 cv na gasolina. De bom tamanho mas há ainda o ignorante 5.0 V8 de 510 cv supercharged, movido a gasolina. O câmbio para qualquer trem de força é automático de oito marchas, da alemã ZF.

O novo Range Rover Sport é amparado por recursos que buscam proporcionar bom desempenho no fora-de-estrada com conforto de carro urbano. Nesse sentido vale destacar, por exemplo, o sistema Terrain Response 2, que adapta automaticamente a suspensão e tração do carro de acordo com as condições do terreno; e os bancos dianteiros que contam com sistema de aquecimento e refrigeração. Fora tais mimos, esta geração apresenta visual que traz as linhas oriundas do Evoque, mas sem perder a identidade com os demais Rangers. No interior, acabamento com materiais nobres - um carro que, apesar de elegante, gosta mesmo é de  de sujar na poeira e lama.

Impressões

Só de imaginar pilotar o Range Rover Sport por cerca de 500km nos causa empolgação. Melhor ainda saber que boa parte desse roteiro foi composta por terreno castigado.

Pois foi dessa forma que a Land Rover fez para que a imprensa pudesse testar o carro. Cruzando cidades do interior de São Paulo e Minas Gerais, as belas paisagens naturais da Serra da Mantiqueira se misturavam com o prazer de dirigir o utilitário.

Nos poucos trechos rodoviários se destacou a sensação de conforto, proporcionado pelo grande habitáculo, o silêncio na cabine e a iluminação agradável do teto panorâmico. A bordo da versão topo de linha Autobiography, dotada do motor 5.0 V8 de 510 cv, o motorista experimenta acelerações e ultrapassagens impensáveis para um carro deste porte - o modo esportivo do câmbio e as aletas no volante ainda tornam o desempenho mais agressivo e divertido.

Ainda no asfalto, assim como nos testes de slalom e mudança de faixa, o controle de estabilidade do Range Rover Sport transmite segurança, prendendo e corrigindo quando necessário o trajeto durante curvas, mesmo com todo o seu tamanho.

Utilitário esportivo premium tem preço partindo de R%24 377.500Divulgação

Mas o melhor da aventura ficou para o ambiente rural. Por entre fazendas do interior de Minas, foi acionada a tração reduzida e a aceleração era com cautela. Nessa hora, a suspensão do Range sobe e com perícia o SUV ia transpondo os obstáculos formados por pedras, aclives e desníveis. Ao subir por exemplo, é possivel tirar o pé do acelerador que o carro não retorna - proeza do assistente para subidas.

A tecnologia embarcada para o fora-de-estrada também atua na descida, e o conjunto de sensores freia o carro sozinho para garantir a segurança. Não pense que toda essa assistência desanima a aventura, a sensação de levantar poeira e desbravar terrenos foi preservada. Para
os mais experientes, é possivel controlar a velocidade nos trechos ou até desabilitar os controles.

Em outra parte dos testes, mergulhamos o carro na água e a passagem foi feita sem problemas. Segundo a Land Rover, o novo Range Rover Sport tem capacidade de imersão de 850mm.

A expedição foi bem planejada e serviu para mostrar que o SUV agrega o conforto necessário para dirigir em uma metrópole com o espírito aventureiro do off-road, onde está seu verdadeiro DNA.

Mercado

A Land Rover exibiu os números da marca e do Range Rover em particular. Para o ano de 2013, a britânica quer a meta de ficar em segundo lugar no mercado brasileiro de veículos premium. O detalhe é que ela só tem a oferecer SUVs.

O otimismo se deve, segundo a Land, com as 10.800 unidades comercializadas de janeiro a setembro no Brasil. A marca lhe confere uma participação de 25% no mercado em geral e a liderança de 52% quando se resumem aos SUVs.

O Range Rover Sport vendeu no mundo 420 mil unidades desde o seu lançamento em 2005. Tal desempenho parece ser motivo para uma fábrica no Brasil da marca. Questionado sobre essa possibilidade, o diretor presidente da Land Rover para a América Latina, Flávio Padovan, se limitou a dizer que há estudos sendo realizados mas não confirma ainda uma planta em nosso país.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia