Por helio.almeida
Publicado 20/05/2013 18:15 | Atualizado 20/05/2013 18:17

A ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos, afirmou nesta segunda-feira que os boatos sobre o fim do Bolsa Família devem ser “da central de notícias da oposição”. O governo pediu que a Polícia Federal investigue o caso,cuja a origem ainda é desconhecida.

“Boatos sobre fim do bolsa família deve ser da central de notícias da oposição. Revela posição ou desejo de quem nunca valorizou a política”, disse a ministra em sua conta no microblog Twitter. O líder do DEM no Senado, José Agripino (DEM-RN), disse ter ficado surpreso com o boato. “Eu não faço a menor ideia de onde possa ter surgido”.

A informação falsa de que só seria possível sacar o benefício sábado levou muitas pessoas às agências da Caixa Econômica Federal e casas lotéricas. A Presidência da República detectou a informação em estados como a Paraíba, o Amazonas, o Maranhão e o Rio de Janeiro.

Você pode gostar