Por helio.almeida
Publicado 20/05/2013 12:40 | Atualizado 20/05/2013 12:46

Goiânia - Policial civil acusado de matar o estudante Luan Vitor Oliveira Souza, de 19 anos, foi preso na madrugada desta segunda-feira e levado à Delegacia de Homicídios. O caso aconteceu na madrugada deste sábado, durante show do cantor Lucas Lucco, na Exposição Agropecuária de Goiânia.

Em depoimento, o policial civil Levi Moura de Souza, de 37 anos, disse que Luan e um suposto comparsa, identificado como Eduardo Batista, teriam roubado a câmera de sua namorada. No entanto, as imagens mostram que o agente briga com outras duas pessoas no meio da multidão. Luan Vítor se aproxima depois. Neste momento, o policial aponta a arma para o peito dele.

A vítima saiu correndo. Luan Vitor ainda chegou a ser levado ao Hugo (Hospital de Urgências de Goiânia), mas não resistiu e morreu. O jovem foi enterrado no final da tarde deste sábado, no Cemitério Jardim das Palmeiras, em Goiânia. O pedido tinha caráter de prisão temporária, mas o juiz que analisou o caso expediu um mandado de prisão preventiva.


Você pode gostar