Policial assassina ex-mulher e namorado e se mata no Sul

Agente atirou no homem e depois atingiu a ex

Por helio.almeida

Um soldado da Brigada Militar matou a ex-mulher e o namorado dela a tiros na noite de quinta-feira em Santo Ângelo, no noroeste do Rio Grande do Sul. Em seguida, ele teria se matado. De acordo com a Polícia Civil, Michele Forgiarini, 32 anos, e o soldado Jeferson Fonseca Menezes, 36 anos, estavam separados há três anos. O policial já teria ameaçado ela em outras ocasiões.

Às 20h45, Michele foi na casa de uma conhecida para apresentar o novo namorado, Renan Suliman, 28 anos. Jeferson chegou na residência e disse que queria conversar com o namorado dela. Ele sacou uma pistola de calibre 40 e atirou no rapaz. A dona da casa fugiu com os dois filhos. Michele correu para o quarto e foi perseguida pelo soldado. O militar atirou nela e depois se matou.

Quando a Brigada Militar chegou à residência, encontrou Suliman na cozinha e o soldado e a ex-mulher no quarto. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas os três foram encontrados sem vida. Foram apreendidos na casa cartuchos deflagrados e projéteis (intactos) de calibre 40 e objetos pertencentes ao policial, além de documentos, dinheiro, celular.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia