Moradores entram em conflito com PM durante reintegração de posse em SP

PM atira bombas de gás e balas de borracha contra os cerca de 100 manifestantes e barricada montada em protesto

Por helio.almeida

São Paulo - Moradores entraram em conflito com a Polícia Militar no início da manhã desta terça-feira durante a reintegração de posse de um terreno no Parque Bristol, na zona sul da capital paulista. Eles fizeram barricadas, e a PM atirou bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha contra os cerca de 100 manifestantes. Não há informações de feridos.

Segundo a contagem da PM, o terreno de 60 mil metros quadrados, na Avenida do Cursino, é ocupado por 120 pessoas. Já os moradores dizem que vivem no local cerca de mil famílias.

De acordo com o capitão PM Pardubsky, grande parte dos barracos já começou a ser demolida. Os moradores estão levando os pertences para os 40 caminhões oferecidos para a mudança. Cerca de 120 carregadores auxiliam a retirada dos móveis. Segundo o capitão, a ação policial deve se estender até o meio-dia.

O trânsito na Avenida do Cursino está totalmente interditado desde a altura do Número 4.000. Segundo a SPTrans, o itinerário de quatro linhas de ônibus foi alterado, a 4718/10 Jardim Celeste-Metrô Santa Cruz, a 4727/10 Jardim Clímax-Metrô Praça da Árvore, a 5108/10 Jardim Celeste-Terminal Parque Dom Pedro II e a 4734/10 Vila Moraes-Metrô Saúde.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia