Vídeo: Mulher vestida de noiva tem pedido de casamento negado pelo noivo

Surpresa em plena rua movimentada, e com direito a outdoor, não agradou companheiro, que rejeitou proposta e foi embora

Por helio.almeida

São Paulo - Um pedido de casamento terminou de forma diferente da planejada pela noiva. Ela, vestida como se já tivesse pronta para subir ao altar, foi até o comércio onde o noivo estava. Ao lado do estabelecimento, um outdoor alugado por ela com a frase "Quer se casar comigo? Bruno (sic)". Mas o companheiro, de nome Bruno, não gostou de ser surpreendido e ele acabou se irritando. Tudo foi gravado e colocado na Internet (Assista abaixo).

Noivo sai do estabelecimento irritado com a surpresa da noivaReprodução Internet

Com o título "A rejeitada do ABC", o vídeo publicado no YouTube teria sido gravado em um domingo, de acordo com a pessoa que teria gravado e que comentava a cena, informando ainda que o casal estava junto há 5 anos. Nas imagens, as amigas apoiam a corajosa. Muitas pessoas pararam na rua para filmar, enquanto motoristas diminuiam a velocidade para observar o que estava acontecendo.

Quando o noivo sai do estabelecimento, cuja localidade não foi informada, estava inconformado com a atitude da companheira. Ela tentou colocar a mão no braço dele e a reação dele foi se afastar. "Você tá maluca", perguntou ele apontado para aglomeração em volta. "Eu te amo", respondeu ela. "Foi você que fez?", questionou o noivo, apontando para o outdoor.

O estopim para a indgnação do noivo, que demonstrou não gostar de se expor em público, foi quando um motorista passou buzinando com o caminhão em que dirigia. É possível ver ele apontando para o caminhão e dizendo "Olha aí". Em seguida ele vai embora aos gritos de "casa, Bruno" das pessoas em volta. Porém, Bruno volta, de carro, e coloca a moça dentro do automóvel para irem embora.









Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia