Vice-chanceler alemão cancela viagem ao Brasil por temer greve geral

Principais centrais sindicais do Brasil desmentiram realização de uma greve, como vinha sendo proposto nas redes sociais

Por helio.almeida

Brasília - O vice-chanceler e ministro alemão de Economia, Philipp Rosler, cancelou nesta quarta-feira a viagem que faria ao Brasil, prevista para começar neste domingo, por temor da onda de protestos que atinge o país e da possibilidade de ocorrer uma greve geral, que impediria a realização da agenda programada.

O Ministério da Economia informou sobre a suspensão da viagem, que incluía também uma visita ao Chile. Rosle viria acompanhado de empresários alemães, interessados em reforçar as relações econômicas e comerciais com o Brasil.

As principais centrais sindicais do Brasil convocaram uma jornada nacional de protestos e paralisações para 11 de julho e desmentiram a realização de uma greve, como vinha sendo proposto nas redes sociais.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia