Policial mata adolescente após separar briga no Amazonas

Agente atingido com golpe de facão na cabeça baleou rapaz duas vezes. Para a PM, soldado agiu 'em legítima defesa'

Por helio.almeida

Policial teria tentado separar briga e acabou levando golpe de facãoDivulgação

Amazonas - Um policial militar matou a tiros um adolescente de 17 anos na madrugada deste domingo, em Santa Isabel do Rio Negro, a 630 km de Manaus (AM). O agente, que não teve a identidade revelada, teria tentado apartar uma briga, mas acabou sendo atingido com um golpe de facão na cabeça pelo rapaz que foi baleado duas vezes.

O caso ocorreu por volta de 1h30. De acordo com a PM, o policial foi acionado para verificar denúncia de que um homem estava sendo espacando por seis suspeitos, mas no local da briga acabou sendo agredido por um adolescente. O jovem foi atingido no peito e no braço e morreu no loal.

Revoltados com a morte do jovem, amigos da vítima depredaram uma viatura policial e tentaram invadir o alojamento da PM no município. Para a Polícia Militar do município, o soldado agiu "em legítima defesa", pois mais de seis pessoas estariam envolvidas na briga.

Segundo a polícia, o adolescente que morreu já tinha passagem pelo Conselho Tutelar da cidade por outros delitos. Ele era casado e pai de uma menina. O enterro vai acontecer nesta segunda-feira. Nenhum dos suspeitos envolvidos na briga foi identificado.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia