Mais Lidas

Padrasto e enteada são encontrados mortos acorrentados a árvore em Goiás

Ambos foram vítimas de explosão. Padrasto pode ter sido autor

Por helio.almeida

Estudante Loanne foi encontrada morta e acorrentada pelos pésReprodução

Goiás - A estudante Loanne Rodrigues da Silva Costa, de 19 anos, e o padrasto, Joaquim Lourenço da Luz, de 47 anos, foram encontrados mortos e acorrentados pelos pés a uma árvore no Morro do Frota, área de preservação ambiental localizada em Pirenópolis, em Goiás, nessa terça-feira, segundo informações do Corpo de Bombeiros.

Segundo a Polícia Civil, as vítimas tiveram as barrigas cortadas e órgãos arrancados. Alguns parentes relataram aos bombeiros, que Loanne e o padrasto teriam ido até o parque na tarde da segunda-feira e não retornaram.

Os corpos só foram localizados por volta das 13h desta terça-feira por um homem que passava pelo local e acionou os bombeiros. O local foi isolado e agentes da Polícia Técnico Científica se dirigiram ao local fazer a perícia.

Os corpos da estudante e do padrasto foram enterrados na manhã desta quarta-feira, no cemitério de Pirenópolis. Os caixões permaneceram fechados durante todo o velório que aconteceu nesta madrugada.

Vítimas de explosão

Laudo de peritos da Polícia Civil aponta que a provável causa da morte dos dois tenha sido uma explosão de dinamite colocada entre os dois. Segundo o delegado que investiga o caso, Rodrigo Luiz Jayme, a principal linha de investigação é que o padrasto tenha planejado as mortes.

De acordo com o delegado, foram encontradas corrente, corda, barraca e colchão, tudo propriedade de Joaquim. A dinamite era da pedreira onde ele trabalhava. De acordo com a Polícia Civil, padrasto e enteada morreram abraçados.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia