Nível de água no sistema Cantareira fica abaixo de 16% pela 1ª vez na história

Volume armazenado chegou a 15,8%, segundo a Sabesp

Por tamara.coimbra

São Paulo - O nível de água no sistema Cantareira caiu para 15,8%, de acordo com dados divulgados pela Sabesp na manhã desta sexta-feira. É a primeira vez que o volume de água armazenado fica abaixo de 16% desde que o sistema passou a ser usado no abastecimento da capital e região metropolitana de São Paulo, em 1974.

É a primeira vez que o volume de água armazenado no sistema Cantareira fica abaixo de 16%Reuters

A partir de segunda-feira, o governo do estado vai reduzir a captação de água do sistema. A medida, segundo o Palácio dos Bandeirantes, não afetará o abastecimento e não provocará racionamento. A decisão de diminuir a retirada de água do manancial segue orientação da Agência Nacional de Águas (ANA) e do Departamento de Águas e Energia Elétrica.

Há previsão de chuva significativa na cabeceira do sistema Cantareira, no sul de Minas Gerais, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A chuva pode amenizar a situação crítica dos reservatórios do sistema. A precipitações devem ser superiores a 50 milímetros e devem persistir até sábado nas cidades de Camanducaia, Extrema, Sapucaí-Mirim, Joanópolis e Nazaré Paulista.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia